Ultrassom com doppler e sua utilidade nas varizes dos membros inferiores

Por: Dr Rodrigo Pinheiro Vieira em

Em um passado recente, o diagnóstico e a conduta no tratamento das varizes dos membros inferiores eram feitos por cirurgiões vasculares, quase que exclusivamente pelo exame clínico e algumas manobras clínicas específicas. 

Há alguns anos surgiu o exame Doppler Vascular ou Ultrassom Doppler do sistema circulatório dos membros inferiores. Este exame baseia-se no efeito Doppler obtido pela circulação sanguínea nos vasos dos membros inferiores, mostrados pelo ultrassom. O austríaco, Christian J. Doppler, um dos mais importantes físicos da história, desenvolveu estudos sobre a relação entre as frequências sonoras e suas velocidades relativas: o depois chamado de Efeito Doppler, método usado nos mais diversos campos da ciência e da medicina. O Doppler Vascular hoje é considerado uma ferramenta importantíssima para diagnóstico de diversas doenças. Assim, ele pode ser solicitado pelo médico em casos de suspeita de estreitamento, dilatação ou oclusão de um vaso sanguíneo.

O exame de ultrassom com doppler é simples e indolor. Não costuma ser necessário jejum, exceto nos exames realizados na região abdominal, como doppler de aorta ou artérias renais.

Este método veio revolucionar o diagnóstico das varizes, pois com um exame não invasivo, de fácil e rápida realização, pode-se "visualizar" o sistema venoso profundo e superficial do membro em tempo real  com a finalidade de se detectar a presença de refluxo (fluxo ao contrário do normal). Também permite avaliar o tamanho das veias safenas, veias perfurantes e demais varizes.

O Doppler Vascular tornou-se tão útil que, na prática, não se indica mais cirurgia de varizes sem a sua prévia realização, pois com este método podemos não só mapear as veias varicosas visíveis, mas também as veias que não se evidenciam a olho nu, que serão tratadas na cirurgia. Na prática o aparelho pode ser utilizado até no intraoperatório para visualizar varizes e localização de cateteres em cirurgia endovascular e a laser.

 

Principais indicações do exame venoso:


1.  Diagnóstico e acompanhamento de Trombose venosa. Na trombose venosa, o sangue coagula dentro das veias, obstruindo o fluxo venoso e, consequentemente, dificultando o retorno do sangue ao coração.   O Doppler venoso dos membros inferiores consegue detectar trombos recentes ou antigos nos membros de forma precisa e indolor. É o exame mais usado para diagnóstico de trombose venosa.

2.  Avaliação de inchaço nas pernas (edema de membros inferiores). O ultrassom-Doppler é uma importante ferramenta para investigar a causa dos inchaços.

3. Avaliação de dor nas pernas. Esse é um dos sintomas mais comuns em um consultório vascular e comumente tem causas de origem nas veias doentes.

4. Mapeamento para tratamento de varizes. O Doppler venoso é a ferramenta de diagnóstico que orienta quais as técnicas devem ser usadas no tratamento das varizes (cirurgia, escleroterapia, espuma densa, Laser).

 

Dr Rodrigo Pinheiro Vieira

Médico Vascular

CRM-MT: 5913